' CONCEITOS DE FORÇA: UM ESTUDO SOBRE OS FUNDAMENTOS DA DINÂMICA. - MAX JAMMER

Livraria da Física

TeleFONES
Loja virtual
Loja IFUSP : (11) 3815 8688
Editora
ESCRITÓRIO (11) 3459 4323 OU 3459 4324 ou 3459 4326
Seu carrinho
  • Busca avançada

Física

CONCEITOS DE FORÇA: UM ESTUDO SOBRE OS FUNDAMENTOS DA DINÂMICA.
MAX JAMMER
Quantidade limitada no estoque. Envio imediato.
Editora Contraponto
Área MECÂNICA
Idioma Português
Número de páginas 334
Edição 1ª EDIÇÃO - 2011
ISBN 9788578660345
EAN 9788578660345
Por que conceitos de força podem ter importância na física contemporânea, amplamente estruturada na concepção de campos, quânticos ou clássicos? Tais conceitos interessam ao professor de física, aos pesquisadores e a diversos profissionais das ciências? Nos capítulos iniciais deste livro, Jammer apresenta argumentos pertinentíssimos.
Chegaram os gregos a conceitos de força funcionalmente úteis na abordagem e compreensão dos fenômenos físicos? E o desenvolvimento da noção quantitativa de força encontra-se no pensamento de Kepler? Nos capítulos 4 e 5 há respostas interessantíssimas.
Newton é radical? Que papel guarda a história das ideias para o construtor da mecânica newtoniana? As pesquisas nos capítulos 6, 7 e 8 mostram que Newton sintetiza e fundamenta uma das ideias mais profícuas do pensamento humano.
Leibniz procurou explicar os movimentos usando conceitos de força e energia? Que influência Boscovich exerceu sobre Faraday? Quais as contribuição de Kant e Spencer? O autor retrata impecavelmente as ideias desses filósofos no capítulo 9.
Como descrever a propagação da ação gravitacional? Hooke, Villemot, Lesage, Herapath, pensadores insatisfeitos com as lacunas deixadas por Newton, merecem atenção? As ideias mecanicistas sobre a propagação da gravitação são esclarecidas no capítulo 10.
Berkeley, Maupertuis, d'Alembert e Lagrange criticaram o conceito de força de Newton? Como eram as propostas de Kirchhoff, Hertz e Mach para eliminar esse conceito da ciência? As teorias de Faraday, Maxwell, Einstein, Dirac, Heisenberg, Majorana, Yukawa, fundamentadas na concepção de campo, abandonam completamente as ideias de força? Uma ampla explanação desses confrontos está nos capítulos 11 e 12.
Aguardamos pesquisadores capazes de prosseguir esta obra maravilhosa e de rara vastidão conceitual e intelectual, realizada por Max Jammer, para nos contar o que estamos presenciando nesses primeiros dez anos do século XXI.

Waldemar Monteiro da Silva Junior Professor do Departamento de Física da PUC-Rio

A ideia de força já estava presente no pensamento pré-científico, carregada de conotações metafísicas. Na aurora da revolução científica, Kepler lançou mão dela para relacionar as alterações na velocidade dos planetas e na distância deles em relação ao Sol. Com a mecânica de Newton, a força passou a reinar na física moderna. Desempenhou um papel construtivo no progresso da ciência, até que as novas concepções da física de campos a destronaram. É a história que Max Jammer nos conta neste livro brilhante.
Preço da tabela: R$ 59,00
Nosso preço: R$ 44,25
ATENÇÃO: Os pedidos deste catálogo estão sujeitos a alteração sem prévia comunicação. Os pedidos ficam condicionados a disponibilidade do nosso estoque e de nossos fornecedores (editoras e distribuidores). Esclarecemos aos consumidores que, por não sermos vendedores no atacado, pedidos que possuam mais de um item do mesmo produto, poderão sofrer alteração no prazo de entrega se a quantidade de produtos solicitados for maior do que a quantidade disponível em nosso estoque, para não ter dúvidas sobre quantidades, consulte antes por e-mail (vendas@livrariadafisica.com.br)